O metrô e aquilo que nunca muda

00:56





Depois de muito tempo peguei metro em horario de "pico" matutino, e quem me conhece sabe que eu amoooooo metrô rs..( não é ironia , amo mesmo ) é lá onde tudo acontece... material e espiritual. 
Tem coisas que não muda nunca não é ? 
- Tem aquele povo que vai trabalhar num mal humor impressionante...
- Tem o mocinho do fone no ouvido quase a beira de ficar surdo,
 porque qualquer um pode ouvir a musica dele por tão alta. 
- Tem as moças que logo de manhã já tá trabalhada na maquiagem, com certeza ela acordou 2 horas antes de sair de casa só pra esfumaçar a sombra preta. ( um dia chego la ) 
Ah eu amo olhar os sapatos.. eu tenho fascínio por isso ! rsrs, não consigo entender como alguém consegue logo pela manhã se segurar em cima de um salto agulha 7 cm com bico fino. #jesusmeajuda

Hoje eu vi uma trabalhada na meia, uma trabalhada na onça e outra trabalhada na caveira... a morte é o novo "musting", caveira no anel, caveira na blusa, caveira na bolsa e caveira no celular ... 
Eu adoro observar as pessoas por isso observei que "gentileza" 
é uma coisa que não se existe mais ( pelo menos no metrô) 
Ninguém se importa com o banco azul do idoso, nem se importa com o cego que entrou com a bengala... 
Ouvi uma mulher dizendo > - Gente o que essa velharada faz na rua essa hora ?
 < Ué pensei : - Será que os velhos foram proibidos de sairem as 7 da manhã ?

Por fim naquele aperto incrível onde todos nós compartilhamos o mesmo perfume e onde todooooosss os seres viventes no metrô estavam no facebook digitando com um dedo só, 
uma senhorinha pediu pra segurar minha bolsa. 
- Uau .. pensei, alguém gentil... no final do meu percurso eu agradeci e disse a ela : 
- Obrigada Senhora vou descer no próximo .. tenha um bom dia ! Ela olhou pra mim de forma estranha e disse : O que ? entao repeti ... e ela disse : aaaa tudo bem foi só uma bolsa não precisa agradecer. 

Gentileza não existe ou não estamos mais acostumados a ela ?
Será que nossa vida cotidiana tem sido tão "virtual" e corrida a ponto de não conseguirmos sequer agradecer
 por algo ou mesmo aceitar uma gentileza ? 

Saimos tão "atrasados" pra trabalhar que sequer podemos pegar na mão do cego e ajudá- lo ?
Deixamos de lado o papo gostoso ao vivo, pra teclar com a mocinha sentada no banco da frente... Já não se fazem pessoas como antigamente mesmo ... nos tornamos frios e individuais. 
Cada um por si e o facebook pra todos.

Enfim ... amanhã você que vai pro metrô seja gentil com alguém, segure as bolsas, 
levante-se do banco azul quando chegar um idoso. 
Dê um sorriso, fale algo agradável a alguém... tem gente sentado no banco errado... 
mas o pior é estar com a alma sentada no lugar errado.
Tem gente que precisa de um " Tenha um bom dia ", tire o fone de ouvido, trabalhe menos na maquiagem e comece a "trabalhar" mais na gentileza. Desligue o facebook por alguns minutos e abra um livro.
Olhe as pessoas ao redor... porque pessoas como eu estarão te olhando ...

Apenas uma crônica diária ..... 
... por Rosana Garcia

You Might Also Like

0 comentários